segunda-feira, 8 de outubro de 2018

BANCADA ATIVISTA LIDERADA POR JORNALISTA DO MOVIMENTO ECOLÓGICO E DE CIDADANIA GANHA VAGA DE DEPUTADO NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SÃO PAULO

A candidatura coletiva (um novo jeito de fazer política) desta vez deu certo: a jornalista e ecologista Mônica Seixas que representa 9 lideranças de várias frentes da juventude é a novidade da eleição de 2018 (mas em geral por aqui e em todo o Brasil prevaleceu infelizmente a velha e tradicional política)


Aqui os 9 jovens líderes da Bancada Ativista



A inovação já vinha de dois ou três anos, através da Rede e do Psol principalmente, lideranças das manifestações de cidadania dos jovens lançando candidaturas coletivas, nas eleições municipais de 2016 não deram resultado, mas eis  que agora em 2018 (alegria, alegria) o novo jeito de fazer política (como enfocou uma reportagem da revista Isto É) gerou uma vaga na Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo: "A gente está destacando isso como muito, muito positivo porque assim o movimento ecológico, científico, da cidadania e da não violência não fica sem voz", comentou Antônio de Pádua Silva Padinha, ecologista e editor deste nosso blog Folha Verde News: "Após 7 anos de pautas e de lutas por aqui na web, com atualização todo dia, já estamos chegando (pela medição do Google) nesse tempo a quase 800 mil visualizações e agora para dar esta boa notícia", comemorou Padinha a vitória da Bancada Ativa. Ele porém lamentou várias derrotas do movimento (como a de Marina Silva) e retrocessos muito grandes na velha e tradicional política no Brasil, onde precisa haver mudanças e avanços estruturais na legislação eleitoral e na prática dos partidos, como estas malditas pesquisas pagas, encomendadas e manipuláveis, por exemplo.  Os movimentos sociais e as lutas das minorias deveriam até serem a essência de toda a política, para ela ser de verdade, mas interesses partidários e "outros interesses" acabam se sobrepondo aos problemas e busca de soluções da população. Isso precisa muito mudar urgentemente no Brasil. Porém, foi em meio a estas recaídas e retrocessos, que vem a boa notícia da vez com a Bancada Ativista, que conseguiu com 9 candidatos bem informados, jovens, alternativos e liderados por Mônica Seixas tiveram 149.844 votos! Desta forma, os movimentos mais autênticos que buscam mudar e avançar a realidade da política e da própria vida hoje em dia não ficarão sem voz. 

A Bancada Ativista é a novidade eleitoral de 2018...


...liderada pela ecologista Mônica Seixas


O Partido Verde (PV) ficou com somente um deputado (Reinaldo Alguz se reelegeu, outros quatro perderam a eleição), o PSL de Bolsonaro fez crescer demais a onda mais conservadora também na Alesp enquanto Érica Malunguinho é a primeira candidata transsexual a se eleger deputado agora em São Paulo (a atleta de vôlei Tifany Abreu, também trans e também contra a homofobia e a transfobia não se elegeu): contudo, a maior novidade eleitoral de 2018 é mesmo esta vitória da Bancada Ativista. Reinaldo Romero, ecologista de Ribeirão Preto, do movimento Tá Com Calor Plante Árvores, comemora este fato, assim como Cláudia Visoni, uma outra participante desta luta por candidaturas coletivas e cívicas mais do que partidárias, saídas quase sempre da luta dos jovens nas manifestações de cidadania. Bazileu Margarido, da Rede, é outro que estimula essa virada. De repente, está nascendo ou criando força uma nova tendência, capaz de mudar e avançar a realidade brasileira, aqui e em todo o país, através da política de verdade. Mônica Seixas não está sozinha nessa parada, tem uma bancada de 9 jovens líderes junto com ela, como Ana, Remi, Sheila, Érica, Paula, Fernando, Jesus dos Santos, todos indo à luta para mudar e avançar a realidade brasileira de agora por aqui e em todo lugar. 


 
 
 
 
 
 Em várias regiões, manifestações, minorias e frentes nasce este novo tipo de  fazer política com novas lutas para mudar e avançar o país e a vida da população





(Propostas vivas da Bancada Ativista estão no site indicado nas fontes aqui embaixo e merecem ser analisadas, por aqui no blog da gente na seção de comentários um resumo de algumas delas, bem como detalhes desta nova geração que busca financiamento coletivo na Internet e vaquinha entre os apoiadores para ter liberdade de pensamento e de ação política, confira que vale, OK?)





Fontes: votolegal.com.br/em/bancada ativista
              folhaverdenews.blogspot.com



9 comentários:

  1. As chamadas propostas vivas da Bancada Ativista são um bom programa político para mudar e avançar a realidade de hoje, há temas como luta contra a desigualdade social, educação e saúde libertadoras, produção cultural, problema da habitação, segurança justa ou humanizada, meio ambiente, democracia de verdade, enfim, o conteúdo das lutas dos jovens e de todos os que buscam avanços no Brasil e na condição de vida da nossa população, também de todas as minorias.

    ResponderExcluir
  2. Confira na página da Bancada Ativista no Facebook ou no site indicado como fonte aqui no blog da gente todas as propostas desta candidatura coletiva, agora vitoriosa: logo mais aqui nesta seção, outras informações, também mensagens e opiniões neste tema, nessa pauta: você pode participar, coloque aqui o que você acha ou se preferir mande um e-mail para a nossa redação do blog: navepad@netsite.com.br

    ResponderExcluir
  3. Vídeos, material de informação, fotos, sugestão de pauta, notícias, você pode também enviar diretamente pro e-mail do editor deste blog padinhafranca603@gmail.com

    ResponderExcluir
  4. "Eu votei em Mônica, nesta Bancada Ativista": foi o primeiro comentário que recebemos, via a nossa time line do Facebook, comentário de Gregório Bacic, diretor, roteirista, produtor de Provocações (TV Cultura) quando Antônio Abujamra estava entre nós.

    ResponderExcluir
  5. "Tem tudo a ver essa juventude que se manifesta, ela mesma ir à luta direta da política, nossas cidades e todo o país carecem desta renovação de forma e de conteúdo": comentário de Janaína Moraes, de Santos (SP) formada em Biologia pela USP.

    ResponderExcluir
  6. A Revisão dos cardápios públicos também está nas propostas de mudanças da Bancada Ativista, com foco até na opção vegana em escolas, creches, hospitais e restaurante públicos ou subsidiados com dinheiro público. Uma das lutas do movimento ecológico também, como a proibição de rodeios, circos, vaquejadas, zoológicos e quaisquer atividades que usem animais para entretenimento com violência, os direitos dos animais estão entre as pautas deste movimento, confira no Face ou no site desta nova geração da nova política, há muito conteúdo importante para todos e para todas.

    ResponderExcluir
  7. "Detesto a política que vem sendo feita no país e até penso em votar nulo no 2º turno para Presidente, mas esses jovens como da Bancada Ativista me dão ânimo de lutar": comentário de Júlio Campos Almada, argentino que atua em São Paulo como agente de turismo.

    ResponderExcluir
  8. "Uma outra boa notícia foi a eleição e aí no caso no Senado em Brasília de uma "bancada" de parlamentares da Rede, eles podem vir a ser vitais para o movimento da ecologia e da cidadania nesse país de agora": comentário de Luciana Pasos, de Uberaba, Minas Gerais, advogada, professora universitária.

    ResponderExcluir
  9. "Vai ser complicado lutar pela ecologia, a maior parte das vitórias eleitorais são ligadas ao agronegócio, ao ruralismo, em todas as instâncias do poder e em todas as regiões": comentário de Luís Antônio Santos, de São Paulo, TI.

    ResponderExcluir

Translation

translation